BRIEFING ELETRÔNICO

NAS TRILHAS DE LAMPIÃO

Salve Aventureiros!

Estamos de volta!!!

 

Este é o primeiro Brieffing (comunicado) Eletrônico do Desafio dos Sertões 2018, ainda sem muitas informações, igual ao dos outros anos, mas que já dá para organizar algumas coisas pra não passar perrengue no Sertão.

A prova será realizada entre os dias 08 e 09 de setembro, e como em todas as edições passadas, na Bacia Hidrográfica do rio São Francisco – a diferença é que mudamos de região, fomos para o Baixo curso do rio na tríplice divisa entre os estados da Bahia, Alagoas e Sergipe.

Está é a região das andanças de Lampião, o “Rei do Cangaço”, Maria Bonita e todo o seu folclórico, histórico e “retado” bando de cangaceiros. A região já serviu de cenário para grandes produções cinematográficas, sempre num misto de beleza e sofrimento, característico do nosso Sertão nordestino e nós seremos mais um bando a invadir com tênis, bicicletas e lanternas, as trilhas da região. Mais um porque devemos passar por lugares onde foi disputado a também lendária “Corrida das Fronteiras”, a última grande etapa do Brasil Wild e que deixa saudades em todos por aqui – atletas e moradores.

O sertão é muito lindo e peculiar, com vários tipos de terreno, caatinga braba, um cânion perfeito e um relevo muito característico – com poucas áreas de elevação. Então o sol escaldante deverá ser o diferencial, já que em setembro a temperatura não costuma aliviar.

Para esta etapa retomamos o nosso site www.desafiodossertoes.com.br, visando uma visibilidade maior onde podemos concentrar todas as informações de uma forma mais organizada, afinal, este Desafio será válido pelo novo Circuito SPOT da CBCA, estamos retornando ao Campeonato Nordestino de Aventuras – CNA e será a terceira etapa do Campeonato Baiano de Corrida de Aventura, organizado pela FBCA.

Esse ano, contaremos mais uma vez com a parceria da SPOT, o melhor dos rastreadores, e que vem sendo utilizado com muita frequência nas principais corridas de aventura do Brasil. Além de mostrar o percurso, essa ferramenta é imprescindível para uma maior segurança na prova e eventual resgate. A diferença é que não iremos mais oferecer o aparelho, as equipes que desejam participar do Circuito Brasileiro devem levar o seu próprio rastreador SPOT GEN3 - A SPOT irá oferecer o código promocional CBCAGEN3 para a ativação do seu aparelho nesta etapa. Quem não tiver o SPOT corre normalmente e concorre as etapas do CNA e FBCA, além da premiação do Desafio dos Sertões.

Também seguindo o modelo do ano passado, montaremos dois circuitos: um na faixa dos 60 km e outro com aproximados 120 km, e novamente não faremos distinção prévia na inscrição – os atletas largam e seguem juntos por alguns PC’s até a divisão da prova, onde a equipe irá decidir se completa o menor percurso ou se segue para a prova mais longa. Adotamos este modelo por entender que uma equipe pode ter problemas durante a etapa, ou ter um rendimento superior ao que estava imaginando, então existe a possibilidade de mudança de planos dentro da prova.

A questão da logística de embarcações continua sendo um problema nas provas do nordeste, e não está definido se usaremos caiaques ou se iremos repetir o uso das canoas dos pescadores – a única certeza é o belo cenário dos Cânions do São Francisco onde muita gente costuma se perder nos “braços” do rio. Se for confirmado o uso de caiaques, a organização entrará em contato com a equipe inscrita caso a mesma opte por remar em sua própria embarcação, no entanto a possibilidade de limitarmos inscrições é grande – garanta logo sua vaga!

As modalidades tradicionais farão parte do Desafio: trekking, mountain bike, canoagem, técnicas verticais e a tal “modalidade surpresa” e ofertaremos as categorias dos circuitos dos quais fazemos parte (CBCA, CNA e FBCA): duplas masculina, duplas mistas e quartetos nas duas distâncias do percurso – lembrando que no percurso menor não devemos ter a modalidade de remo e técnicas verticais.

A hospedagem é outra coisa muito importante nas corridas “fora de casa” e nesta mesma data acontecerá a Copa Vela em Paulo Afonso, o que diminuirá a oferta de leitos de hotel. Estamos em contato com pousadas da região, nos três estados para que possamos ficar mais tranquilos. Por esta razão não devemos largar muito cedo, deste modo, quem ficar hospedado num raio de 100 km de Paulo Afonso, tenha tranquilidade para chegar na largada com tempo ideal para preparação. Lembramos ainda que será ofertado um local para quem quiser montar suas barracas – provavelmente um ginásio de esporte que ficará a nossa disposição no final de semana. Em breve divulgaremos lista de hotéis e pousadas na região.

O Kit médico e equipamentos obrigatórios não irão fugir daqueles moldes que já estamos acostumados nas corridas – lembrem-se que é uma região quente e com pouca água – então não economizem no tamanho do hidro e nem esqueçam do protetor solar, setembro costuma castigar.

 

Até breve,

 

Equipe Desafio dos Sertões

Walter Guerra – 74 98824 0078 (whatsApp)

Daniel Cardoso -  74 99117 0224 (whatsApp)

gallery/chapeuvec